sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Uma canção de amor inacabável - (Mandinga)


Você me antecipa
Sabe o que eu vou dizer
Sente quando eu não estou muito bem
Você prevê o sol
Deve ser mandinga ou coisa assim
Quando eu estou melhor rio da gente
Da minha aceleração
Do seu riso bobo
De quem me conhece bem
Da sua calma que às vezes até me irrita
Essa calmaria de um rosto tão perfeito
Um peito que me abriga às vezes penso
O que você quer comigo?
Deve ser mandinga
Ou coisa assim...

5 comentários:

ldcv2 disse...

um poema antecipadamente belo oportuno nestes dias de aflição, nestes dias de desamor, belo, bonito, meigo, gostei, sorrisos e malicias. Parabéns.

R.Cássia disse...

Oi Giu!
Gosto desse seu jeito descompromissado de expor seus sentimentos e emoções. Vc consegue traduzir de forma clara, magnética, situações ímpares. Parabéns menina! Mil Bjks

Wal Buso disse...

Gostei muiiiiitoooooooooo
Escreve poesia com muita qualidade
parabéns

Também tenho alguém que me entende sem palavras..parecendo mandinga...rsrs..

beijo

Priscilla Diogo disse...

Adorei!
Me estampou um sorriso no rosto!
Perfeito!

bjos

Cel Bentin disse...

com toda desacerteza que cabe - ou não - no mundo. Assim.