sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Canto do sol


Eu descobri um jeito
para curar o amor da gente
Vou te colocar no sol
em uma sexta feira santa
quem sabe Deus tenha piedade de nós
Ou pelo menos você fica mais quente
Mas amor não leve a mal
eu também ando sem sal
Preciso arrumar um jeito
de combinar com meus defeitos
que fiquem quietos pelo menos
no dia que me enfeito
Só pra esperar seu mau humor passar
É que ontem vi na livraria
Que a alma precisa de energia

3 comentários:

liza leal disse...

kda vez melhor...
sentimentos amadurecidos,
sempre realçados c/uma delicadeza
própria, q se reúne em leveza e
um colorido mto bacana...
Bjos de sorte, sempre!!!

Liza

Alexandre Spinelli disse...

Giu... quanta surpresa boa ainda descobrirei assim, escondidinha pelos becos da web...?
Que doce este poema...
Beijo...

Cel Bentin disse...

não tinhavisto esse...

virou canção já?